Coisas de segunda

coisas de segundaO tempo veio, beijou as cores e foi…levou com ele a essência do que queria ser…

Na verdade, ela sentia ainda a essência impregnada.
Lembrou das brincadeiras de domingo.

Poderiam se transformar em coisas de segunda.
O dia tinha mesmo jeito/gosto/tudo de segunda e é segunda.

Parece ressaca…

Ela sente falta de tudo. Como abstinência de vida, de riso, de presença.

Sabe a voz, sabe o bater do peito…o toque das mãos.

Sabe as palavras e como vicio busca elas em qualquer lugar.

E mesmo que a terra saiba-lhe ali, o caminho é feito e refeito de pensamentos onde busca abafar a ausência e a saudade do que ainda não viveu.

Mariana Gouveia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s