Não haver palavras és tu a desaparecer.

Não haver palavras és tu a desaparecer.A quem senão a ti direi como estou triste?
Mas se a tristeza vem de tu não estares, como ta direi, como hei-de juntar o que me está doendo ao vento que não bate mais à tua porta?

(…)

Não haver palavras és tu a desaparecer.

Bernardo Pinto de Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s