Tara

tara*imagem: Tumblr

Não deixe o escuro esconder,
as curvas de teu vestido andante
quero ver -te nua,
como antes – nunca – vi

não teime o meu olho em te espiar
pelo canto da imagem…
– louca, pensando ser sonho
o gosto da tua boca

Percorro com o meu olhar
o decote íntimo – pele – avesso

Descubro o que é paixão
no batimento atento do meu
coração saindo pela boca
Qualquer hora percorro a distância
que me separa de ti
e jogo em tua cara
a tara que você exala em mim

Mariana Gouveia – O lado de dentro, pág, 45

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s