Eterno

223. eterno

semeei-os em meu ser

e prometi te querer…

te amar enquanto o girassol florescer;

tratei de espalhar na rua, em cada noite de lua

sementes deles no chão

plantei um no coração

Algumas, a chuva levou…outra, na rua brotou

e na calçada ficou a flor do delírio meu…

e no coração cresceu

juntinho com meu amor…

Meninos levados…meninos

Ora, danados, traquino

quebrou o galho e caiu

a flor da rua morreu

mas a que no peito nasceu

essa ninguém destruiu.

Mariana Gouveia

Anúncios

2 comentários em “Eterno

  1. Cris Campos disse:

    Porque essa é indestrutível. Ou quase.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s