Existia no tempo das estações.

Existia no tempo das estações

Pensa no corpo dela no lado da solidão que ela escolheu.
Dizem que em noite de lua sai pelas ruas chamando por ela. Grita o nome com a flor na boca. Pensa em reprimir o pensamento, mas a vontade é mais forte.
Escreve nos vidros que vê pela frente, ao amor. Desenha corações no ar. É o que faz sentir ela mais perto.
Por um instante, quase a toca. Delira.
Nenhum vento agita as folhas das árvores. A flor na boca. Sufocando o grito na garganta. Tem medo do silêncio que descortina nas ruas. Murmura como se falasse com ela.Tirou todos os números da agenda. Escolheu apagar ela da realidade para viver só de amor.

Mariana Gouveia

*imagem:Michael Färber

Anúncios

2 comentários em “Existia no tempo das estações.

  1. SC disse:

    Sempre uma óptima leitura, beijo Mariana!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s