Carta a Janeiro aos cuidados de Zi

Carta a Janeiro aos cuidados de Zi
Sabe, Zi…
Já é de novo um ano novo e como transformei essa carta em um ritual venho trazer notícias para o ano. É melhor não mudar o que deu certo, não acha?
A minha manhã amanheceu chuvosa e as aves todas parece que veio buscar abrigo no pé de hibiscus – que, por sinal, está mais florido do que nunca – e ganharam os voos rasantes de Chiquinho como se o quintal fosse só dele.
Por falar em florido, todo meu quintal está. O hibisco normal está escarlate. Do vermelho mais vermelho. Até os trevos estão parindo flores rosinhas que dá gosto de ver.
Ah, Zi, 2015 foi um ano difícil. Posso enumerar os dias bons. Devem caber nos dedos das mãos.
Foram perdas imensas, acidentes e tragédias que respirei aliviada ontem quando ele anunciava seu fim. Mas, o último dia foi lindo! De suspirar. De engrandecer a alma – só por causa dela – que eu até queria suspender um pouco mais as horas para que durassem um tanto mais as últimas horas do ano.
Mas ele foi. E surgiu esse ano novinho para que tudo seja diferente.
A vida é esse eterno trabalhar e eu busco no plantão as primeiras notícias do ano. Quem nasceu, quem morreu, quem ganhou a mega da virada.
O primeiro bebê a nascer é uma menina e se chama Ana. Não é um bom presságio isso, Zi?
Entre uma notícia e outra, a receita para o almoço, e o pedido de horóscopo para o mês.
Vai ser um ano de desafios, Zi e de emoções.
2016 será regido pelo sol, Zi, esse astro rei que parece que mora aqui no meu lugar. Por falar em sol, até meu girassol floriu e a primavera já acabou. As joaninhas, tão minhas, aproveitam bem a folha e se misturam entre as cores dele.
Então, é isso, Zi. Ritual cumprido, é hora das rotinas todas das notícias irem para os devidos lugares. Peço licença para a astrologia e reafirmo que vou continuar sendo das borboletas – que por sinal nasceram mais duas hoje e ainda há mais casulos a esperar a hora da metamorfose – das joaninhas, do Chiquinho.
Das aves, do sol e da lua.
E aqui, representada por você, abraço a vida, Zi.
Que os sonhos se realizem e que tudo seja mesmo regido pela energia do sol.
O ano vai “avoar”, Zi…as horas correm ligeiras e já está indo o primeiro dia de Janeiro.
Que esse início seja leve e de paz.

Beijo,

Mariana

Anúncios

8 comentários em “Carta a Janeiro aos cuidados de Zi

  1. mariel disse:

    Fosse eu zi, aceitaria dividir o quintal com chiquinho e estenderia o pedido de leveza para início meio e fim. Feliz 2016, querida

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mariana Gouveia disse:

    Zi, é minha filha do coração. Nunca a vi ( como tu ), mas o coração abraça. Acata. Aceita. Essa moça escreve de uma leveza de Manoel de Barros.
    http://ziris-umtoquedevida.blogspot.com.br/
    Esse é o canto onde ela voa. É um passarim…
    Você vai gostar.
    Feliz tanto, Mariel!
    Que Deus abençoe tua família e que todos os teus desejos sejam atendidos.
    beijo meu

    Curtir

  3. Não gosto dos anos vindo e indo (coisa boba…), mas das cartas aos cuidados de Zi eu gosto. Não tenho medo da morte, mas muito medo de não fazer jus à vida. Então, gosto das cartas, pelo que são. Pelo que se mostram, são uma profissão de fé na vida. Que bom que venham em Janeiros, são tão bonitos os Janeiros…

    Curtido por 1 pessoa

    • Mariana Gouveia disse:

      Também não gosto dos anos indo e vindo. Mas assim os são.
      Adoro as cartas também. Sempre as envio. Dou função aos carteiros.
      As cartas aqui, são rituais.
      Beijos e um ano especial para tu.

      Curtir

  4. Dulce Morais disse:

    Que linda paisagem de palavras e cores para iniciar o ano…
    Feliz 2016! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  5. Lunna Guedes disse:

    Sentei-me aqui para ser Zi, enquanto lia as páginas de seu livro… revi certos momentos apenas meus e, enquanto ouço “pela luz dos olhos teus” de Tom Jobim… sinto a pele envolta em um abraço de pele, alma e sou uma farfalla por cima das coisas demasiadamente humanas, sendo banhada pelo sol e pelas notas que escorrem do piano do maestro… até estar diante de ti.
    Que 2016 lhe seja gentil carissima
    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    • Mariana Gouveia disse:

      Quando você me envolve nesse abraço a emoção transpassa o senso comum.
      Ninguém entenderia se eu fosse tentar explicar o arrepio na pele.
      O meu quintal agora, uma farfalla baila. Te sinto. Tanto!
      E coloquei a mesma canção aqui, só para viver-te.
      Grata por tanto, bambina!
      2016 será o ano em que vou te abraçar de novo, assim de perto…
      Que tudo seja lindo em tua vida e ao teu redor.

      bacio

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s