As minhas mãos…

As minhas mãos

nasceram para desenhar em tua pele minhas digitais…
Os meus dedos,
para aninhar em teus dedos
como se parte deles fosse
o meu toque.
Vasculha você mesmo sem presença,
porque assim sou eu em você.
Leitura de quem não vê
mas entende.
Teu toque em mim
desperta superfície plena
de supremo desejo e prazer
Você,minha leitura cega
que leio e saboreio fome e prazer.

Mariana Gouveia

Anúncios

7 comentários em “As minhas mãos…

  1. Claudio Souza disse:

    Meg. Eu estou hoje, por diversas razões, em silêncio digital. Puz meu celular em modo avião e presto muita atenção em tudo o que vou clicar, para não “ser rastreado”. Preciso, pelo bem da minha saúde mental, deste insulamento. É um dia! Não é pedir muito. Mas eu não poderia deixar de me manifestar aqui, agora, com você. Você sabe que eu não muito simpático à poesia (talvez isso tenha razão na minha visceral incapacidade de fazê-las). Mas as suas, meu Deus…

    Curtir

  2. anovamente disse:

    Adoro tuas fotos… teu contato com as borboletas, joaninhas… e a sua poesia é sempre uma relação prazerosa com o essencial amor.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Eu reconheço mil peles
    Mas só uma digital
    Do que toca

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s