As quatro estações da minha escrita.

collage

Já tive invernos congelantes
onde a palavra era calor…
onde o aquecer da alma é vida…
Já vivi verões intensos, fugazes.
Primaveras risonhas e outonos silenciosos
onde internamente as palavras gritavam.

Às vezes, em alguma das estações sou essa constante escrita;
em outras, sou esse calar num grito…
Mas ainda assim, voz.

Em outro tempo, dentro de certas estações
sou semente que brota.
Nota mental do que era para ser dito

mas, que não foi preciso.

Porque não era a estação certa de falar –  apenas escrever.

Mariana Gouveia
Scenarium livros artesanais
Diário das Quatro Estações
Lançamento 27 | 08 | 16 – a partir das 16h
Biblioteca Mário de Andrade
R. da Consolação, 94 – Consolação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s