Vento

Vento.jpg

Cá fora à luz sem véu do dia duro
Sem os espelhos vi que estava nua
E ao descampado se chamava tempo

Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento

Sophia de Mello Breyner Andresen
*imagem: Kiyo Murakami

Anúncios

8 comentários em “Vento

  1. Delicadeza em versos… ❤

    (A imagem é belíssima também…)

    Curtir

  2. […] via Vento — O Outro Lado […]

    Curtir

  3. Sophia conversa diretamente com minha alma… cada verso dela é um bálsamo ao coração!
    Assim como ressoa, também, cada visita que faço a esta sua morada…
    Beijos, linda Mari!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Lunna Guedes disse:

    Ah, que delícia a essa hora da noite… degustar Sophia.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s