Coube-me

coube-me

E coube tudo numa única mala:
Óculos, escova de cabelo e de dente,
Perfume, sabonete, peças íntimas, roupas o suficiente,
Nem precisei colocar sapatos, pois já sai de pés descalços
Sedentos por liberdade;
Coube os sonhos, as cicatrizes, a dura realidade, um bocado de saudade,
O relógio do tempo, meus melhores sentimentos,
Minha história, minha vida …
Coube tudo que eu precisa para dar continuidade a minha lida.
Coube-me!
Na mala
Do coração da alma
Cabe apenas o necessário.

Laura Méllo
*imagem: Emanuela Baioni

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s