100. dos dias aleatórios de Abril

100. dos dias aleatórios de Abril.JPG

Costuro a palavra habitar no corpo,
como moradia leve… um toque.
O coração sendo trocado, de leve, por outro – uma válvula – que afinará as melodias em manhãs de pássaros nas árvores secas do quintal do vizinho.
Que além das batidas insanas causará ruídos nas janelas abertas pelo vento.
Que fará com que eu esqueça o amor que não deu certo, as perguntas inconvenientes, a mesmice plantada no olhar do homem da esquina.
Um coração que viverá de noite, como se dia fosse e que tocará a alma do outro como única, no verbo amar.
Costuro a palavra habitar e bordarei poesias soltas nos murais dos pontos de ônibus e sairei cantando o amor como rotina e esvaziarei o peito e dentro da mão, o voar virando pouso, mesmo que imaginário na solidão dos corredores de quem espera viver.
Mariana Gouveia
100. dos dias aleatórios de Abril
Anúncios

5 comentários em “100. dos dias aleatórios de Abril

  1. Triccia Araújo disse:

    É de uma beleza…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Lunna Guedes disse:

    Dias aleatórios, sentimentos galopantes e a realidade nossa a se enviesar a sua. Foram cem dias mesmo????

    Curtido por 1 pessoa

  3. 0819claudiacap disse:

    Republicou isso em Título do site.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s