Naquele rio

Naquele rio


Bebi da água daquele rio, onde a felicidade passava dentro
bebi o céu
bebi o azul
e os sons de todo aquele céu
bebi da chuva naquele rio
bebi as nuvens
e os infinitos
as auroras
Bebi o por do sol
naquele rio
bebi a sede
e a saudade
bebi os estrelas naquele rio
bebi as luas
e os labirintos
as tristezas
Bebi esperanças, bebi arco íris
e a saudade
os infinitos
Todos , todos eu
Bebi
Ali
.
Elke Lubitz
*imagem: Mira Nedyalkova

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s