127. dos dias diferentes dos outros dias

127. dos dias diferentes dos outros dias.JPG

Era sagrada a lua quando teus pés pulavam a poça d’água no chão e tocava o céu com as mãos na água onde refletia as nuvens e seus azuis entremeados de branco.
Procurava figuras nelas, tentava encontrar estrelas cadentes num céu de maio desmaiado de luz.
Era noite quando regressava de sua viagem transgressiva e me contava seu caso de amor interestelar com a areia do mar… trazia para dentro de casa a maresia e invadia o quarto com sua intenção de amar.
E deixava meu quintal com o ritual marítimo de ser e cheio do desejo de estar.

Mariana Gouveia
127. dos dias diferentes dos outros dias
Anúncios

10 comentários em “127. dos dias diferentes dos outros dias

  1. Ô gente, olha só. Olha aí, veja aí, minhas “fauces” vermelhas, rubras de vergonha. Mariana, a Gouveia, emissária Del Rey em nossas províncias do Centro-Oeste. Me penitencio, perdão peço. É que você e Mariel são tão brasileiros que os confundo! De um sudestino desatento para uma goiana da lavra: perdão peço. Um abraço, pode ser?

    Curtido por 1 pessoa

    • Mariana Gouveia disse:

      Abraço dado e entre amigos não é necessário pedir perdão…
      Bah, acontece, meo…sou daqui, de lá e de tanto lugar…
      Sou goiana, mas moro há 32 anos em Mato Grosso – vôte – e há quem diga que sou nordestina… não entendem o sotaque meio mineiro meio goiano aqui.
      Beijos

      Curtir

  2. E o pior, desculpas em uma postagem. Releve, boa dama!

    Curtido por 1 pessoa

  3. E, não bastasse minha desatenção, Mariana, a Gouveia ainda me mimoseia com uma congratulação pela vitória corintiana. Não mereço o obséquio de vossa atenção. Abraço, de novo, pode ser?

    Curtido por 1 pessoa

  4. Não obstante o não obstante, gostaria de deixar claro que decreto neste instante que nestes Brasis de fama e portento, decreto que só reconhecerei a dois senescais Del Rey: Dom Mariel Fernandes, emissário Del Rey em nossas províncias do sul e Dona Mariana, a Gouveia, como nossa emissária plenipotenciária em nossas províncias do centro-oeste. O Referido é verdade e dou fé. Registre-se e publique-se em aportada.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Lunna Guedes disse:

    Ontem, ao olhar para o céu ao sair da casa de Taty, a lua estava linda, a beijar a face dos prédios e a me pedir para uivar alto. Minha alma o fez, como de costume porque meu corpo sabe quando a lua se agiganta. Fico indocil, selvagem. Eu mesma. rs

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    • Mariana Gouveia disse:

      Ah, bambina! Hoje, mais uma vez, ela está espetacular!
      Fiquei alguns minutos a olhar ela e lembrar de tu e Taty e lembrei do “travesseiro” da Casa Mathilde! Ai, que saudades!
      beijos nas duas

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s