Teu corpo

12294814_1654144964859409_3311049435929730997_n

pausei o sono e de olhos em êxtase
contemplo na noite, o teu corpo adormecido
na distância
toco teu rosto
e de leve tua boca, te impedindo a palavra
dou voz ao silêncio
dou vazão a inquietude da alma que deseja
e na pulsação do peito que ordena e ama
ao teu lado desfaleço.

Margarida DI
*imagem: Kari Lehr Art

Anúncios

4 comentários em “Teu corpo

  1. Lunna Guedes disse:

    ah, que delicia esse desfalecer ao lado de alguém.
    Que delícia de poema!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Maria de sa disse:

    contemplo na noite, o teu corpo adormecido na distância”-verso esplenderoso Maria

    Curtido por 1 pessoa

  3. Mariana Gouveia disse:

    Obrigada pela presença sempre! Beijo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s