163. da geografia das coisas

Acontecia o dia do amor. A gente sempre acontece na rotina das coisas. Havia recado estampado em tudo. O céu estampado em cores suaves.
Uma canção repetida ao limite e o riso ecoando coragem antes da viagem.
Cabia qualquer amor em declaração ardente. O nome da flor declamado em versos.
A palavra do dia esparramada no gesto. O eu te amo dito em alta voz e o rodopio lembrando asas em voos.

Mariana Gouveia
163. da geografia das coisas

Anúncios

12 comentários em “163. da geografia das coisas

  1. Triccia Araújo disse:

    Belo texto pra celebrar o amor… 🙂
    Abraço

    Curtido por 2 pessoas

  2. Maria de sa disse:

    O eu te amo dito em alta voz e o rodopio lembrando asas em voos.-linda frase para um Amor Maria

    Curtido por 2 pessoas

  3. mariel disse:

    Ler você é bom, faz parte da beleza (e da rotina) das coisas que me alegram

    Curtido por 1 pessoa

  4. Lunna Guedes disse:

    Adoro palavras que se esparramam em nossos gestos. ai ai ai
    Até suspiro aqui

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s