163. da geografia das coisas

Acontecia o dia do amor. A gente sempre acontece na rotina das coisas. Havia recado estampado em tudo. O céu estampado em cores suaves.
Uma canção repetida ao limite e o riso ecoando coragem antes da viagem.
Cabia qualquer amor em declaração ardente. O nome da flor declamado em versos.
A palavra do dia esparramada no gesto. O eu te amo dito em alta voz e o rodopio lembrando asas em voos.

Mariana Gouveia
163. da geografia das coisas

Anúncios

11 comentários em “163. da geografia das coisas

  1. Belo texto pra celebrar o amor… 🙂
    Abraço

    Curtido por 2 pessoas

  2. Maria de sa disse:

    O eu te amo dito em alta voz e o rodopio lembrando asas em voos.-linda frase para um Amor Maria

    Curtido por 2 pessoas

  3. mariel disse:

    Ler você é bom, faz parte da beleza (e da rotina) das coisas que me alegram

    Curtido por 1 pessoa

  4. Lunna Guedes disse:

    Adoro palavras que se esparramam em nossos gestos. ai ai ai
    Até suspiro aqui

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s