172. da categoria das coisas

 

Costurava a certeza das coisas dentro da memória.
O cheiro invadindo o espaço e a natureza com seus mistérios exalando lembranças da infância.
Era como se uma janela se abrisse e fosse me mostrando cada espaço dos anos vividos.
O cães a farejar no mato o bicho estranho. O banho no rio quase passa dentro do quintal.  O riso manso a festejar estrepolias e a certeza de que os momentos ficam para sempre, como se uma gavetinha ficasse ali, os guardando para quando a saudade bater – ou a viagem me trazer de volta ao aconchego da alma – a gente abrisse e dela saíssem esses momentos que me fez forte até aqui.

Mariana Gouveia
172. da geografia das coisas
Anúncios

2 comentários em “172. da categoria das coisas

  1. E o melhor banho é o da natureza das memórias!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s