what a sweet lullaby

12196313_513630518796686_3507824820003807910_n.jpg

Querer,
quero uma canção
sussurrada ao búzio do meu ouvido
um murmúrio apenas
sem penas,
palavras nenhumas.

Querer,
quero o teu cheiro
depois do amor,
o teu hálito morno,
verão do meu passado
perdido no limite do mar
a embalar – me o corpo até o sono.

Raquel Serejo Martins.
In: Aves de Incêndio – pág. 14
*imagem: Natalia Deprina

Anúncios

2 comentários em “what a sweet lullaby

  1. Alvaro disse:

    O sentir o mundo no querer particular… um desejo eterno num instante antes do despertar… a vida nos permite sentir mas nos priva de viver as vezes… fato…. nem tudo é perfeito… minto a sim sempre algo que é perfeito… mais a harmonia das palavras e o peso do sentimento nos permite viver a poesia como a lembrança nunca vivida… e nunca esquecida…

    Simplesmente Magnífico.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.