Delírios

RIMEL NEFFATI 1

 

altas horas da noite
finjo um sono decente mas
ouso lembrar-me de ti
nossos últimos toques
sozinha e delirante
oriento minhas próprias mãos

 

Renata Braz
*imagem: Rimel Neffati

Anúncios

2 comentários em “Delírios

  1. Maria de sa disse:

    Um poema tão simples que tanto fala condizendo com a imagem. Obrigada ,Amiga do outro lado do mar . Maria

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.