Náufraga

d9009233bcb2e6c7d29621cb1c8a5c46
*imagem: Tumblr

Como a maré alta
invadiste o meu corpo,
em todos os cantos
todas as ravinas.
A cada vazia e enchente
alargou-se-me o peito,
onde tu com prepotência
entras para vir buscar
o que é teu.

Estelle Vargas

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.