o poder encantatório das palavras…

silent_cradle_by_nataliadrepina-dbs46s3
um poeta iluminando o canto
poente da sala

uma chuva miudinha musical
em papel pardo nos teus dedos

um tecto lunar no centro de todos os nossos dias

e cá dentro o desalinho da alma

Ana Christelo
*imagem : Natalia Deprina.

Anúncios

Invento

invento

As palavras

são como as mãos
Inventam

Hoje
desenhei borboletas
nas tuas mãos ausentes

Firmemente vagueio
Nas linhas do teu poema
Rente ao precipício

Ana Christelo

as palavras…

as-palavras

se esculpem em gestos
jaz por terra qualquer sentir
onde os teus passos não vagueiam nos meus
dando luz à vida que nos precedeu no mar
no vento
nas tuas mãos

na claridade perfeita do teu olhar

as palavras cintilam

Ana Christelo
*imagem: Tumblr

a magnitude estrelar das tuas palavras

a-magnitude-estrelar-das-tuas-palavras
demove o oceano inteiro
vives em mim

giro fusos horários nas mãos
trago tua boca pura
na doçura secular do vento

deambulo de memória
a pertença a teus braços
desde do nascer da aurora
ao pernoitar do dia

azulo borboletas nos teus olhos
possuo na alma
a tua voz de luz

Ana Christelo
*imagem: VicooLya & Saida