Amor:

amor

.
ser ave no ninho do abraço

.
Marcelo Soriano
*imagem: Laura Makabresku

Luz

Luz
*imagem: Tumblr

A lua já vai alta.
Foi sem mim.
Mas estendeu-me a luz,
como um braço
para os olhos…
Na verdade, estou com ela.
Sempre estive.
O que jaz aqui é corpo,
é roupa velha e sapatos.
A lua já vai alta.
Fui com ela.
Agarrado em seus cabelos
brancos luminosos…
Rapunzel de tranças
jogadas
para o seresteiro
que, sutil e transparente,
sobe junto,
flana junto,
sem bagagem,
sem peso,
imaterial,
livre pela fresta infinita,
onde se aventuram
os ventos.

Marcelo Soriano