Frete

frete*imagem: Oleg Oprisco

.
desde que
me habitei
me habituei
a ser minha
.
agora que
sou tua
.
fiquei
sozinha

Germana Zanettini

Anúncios

Tua Morada


Mora em mim
como pássaros em árvore
e com suas asas, cantam
para que as folhas dancem.

Mora em mim
como o sumo na fruta
desaforadamente nas entranhas e bebe o doce do beijo

mora em mim nas magias das manhãs laranjas e alaranja meu dia como sinfonia dos anjos

Mora em mim e eu vivo!

Mariana Gouveia
* imagem: Oleg Oprisco

As esperas

As esperas

as esperas são tapetes estendidos.
há quem os prefira lisos e lhes desenhe nos entretempos os bordados que os sonhos tecem com as linhas invisíveis dos dias.
outros, escolhem-nos onde a vista se canse e o corpo se ausente.
em vez de esperar, viajam.
e quando a espera acaba, os que desenham, bordam a duas mãos um tapete onde o amanhã se passeia.
os outros, serão condutores embriagados pelo medo de ficar.
e partem cheios de futuros vazios.

Rosa Maria Ribeiro
*fotografia: Oleg Oprisco

Ela sou eu também

ela sou eu tambémMesmo sem querer,
mesmo não querendo uma nem outra,
somos uma só e a mesma. Mas ela trai-me
quando escreve por mim, quando não se conforma,
quando quer tudo.
Ela, a das lágrimas de raiva,
a que nunca te beija com meus lábios. 

 Amalia Bautista