Aconteceu um dia…

 

em que a cortina deixou o vento atravessar janela adentro e desavisada, a lua veio pousar no meu quintal…

Mariana Gouveia

Anúncios

57. das palavras das cartas

57. das palavras das cartas.JPG

Escrevo-te para contar sobre o eclipse solar anular. Isso mexe com todo o jardim, embora muita gente acha que não. O dia amanheceu nublado e só depois que ele surgiu radiante, com seu anel dourado a “noivar” o sol e a lua.
Quando na minha infância acontecia um fenômeno assim, meu pai dizia que era a força da natureza dando sinais.
– Influencia a chuva durante o ano – devia chover menos depois do meio do ano – o inverno será mais rigoroso – Vai ser mais quente o verão – e rogava a Deus para que o Universo fosse complacente com a colheita.

Foi um dia quente e a brisa morna aumentou ansiedade das horas.
Coube voos de pássaros no quintal. As nuvens formavam figuras engraçadas.

É engraçado dizer que é carnaval. As canções que tocaram nas casas vizinhas eram as mesmas de sempre, embora o ritmo tenha mudado e a altura do som também.

Revirei a terra das plantas, mudei algumas de lugar. E fiquei em silêncio diante do vento.
Às vezes, é preciso reequilibrar as vontades.
Tentei descobrir nas cartas a resposta, já que não consigo decifrar o aro do eclipse.

Alguém me envia a poesia de Pessoa e lá está a resposta que é para esperar.
Mariana Gouveia
57. das palavras das cartas

Eclipse

DSCF1815

Seria eu e você
como o sol e a lua
em eclipse total.
Quando um chega o outro sai…
eu te toco nos meus sonhos,
você me toca nas manhãs
sua presença em mim é notada
reflete em tudo que faço.
Estamos no mesmo espaço
mas a sua sombra é que reflete em mim…
e eu sou metade fenômeno de saudade.
Você o sol que me aquece,
que me envolve a alma.
Você me toca de leve,
é quando ficamos juntos…
nesse momento,como o que separa os astros.
nos une.
Eu não preciso estar do seu lado
para estar com você,
porque você está dentro de mim e
se transforma em minhas poesias
e me faz viver embalada no sonhos
de te amar
e assim quando nos encontramos
o que é saudade se transforma na explosão de amor que sinto
me envolvo pelo brilho de seus olhos
sou sol,sou lua…
te amo,me transformo em girassol
e você de novo vai
e se transforma em saudade.

Mariana Gouveia

Meu sol particular

Meu sol particular

“É tarde demais. Mas eu teria sido mais saudável pra você.
Não uma droga; eu teria sido o ar, o sol”.
O canto da minha boca virou pra cima em um meio sorriso saudoso.
“Eu costumava pensar em você desse jeito, sabe.
Como o sol. Meu sol particular. Você equilibrava bem as nuvens pra mim”.
Ele suspirou.
“Das nuvens eu posso cuidar. Mas eu não posso lutar com um eclipse”.

Eclipse – Stephenie Meyer