Te respiro no sopro dos dias

Te respiro no sopro dos diaspreciso sobreviver ao encanto
que teus olhos me apresentam em miudezas e rotinas

Dou-te os sentidos plenos no toque
das palavras,
invento recantos onde seu amor me ampara
Para isso, basta sentir-me tua.

Mariana Gouveia

Se eu tivesse tempo

Se eu tivesse tempo

para essa asa que liberta
eu seria pouso, moradia
casa

Se eu tivesse tempo
e não fosse tua pele pétala
eu seria direção de calma

Mas não tenho tempo, amor
o vento me arrasta pelo dia
é hora, já agora – alguém diz

Deixo-te com as vontades todas
e um espaço para sentir presença

se eu tivesse tempo
eu ficaria
mas levo no meu peito a fantasia
de me deixar contigo
em minha ausência

Mariana Gouveia

Quem pudesse te ver como eu vejo

Quem pudesse te ver como eu vejo

veria que a alma que te banho é a mesma que desenha natureza
e que sob meus olhos você descreve histórias que nunca contei pra ninguém, mas vivi… e fiquei a noite inteira a repetir os mesmos versos e cantar baixinho sua canção.

Quem puder te ver como eu te vejo contará as pintinhas em tuas costas
e nelas desenhei com os dedos uma flor em forma de coração…

Ah, amor…se todos pudessem te ver como te vejo veriam em você, o amor.

Mariana Gouveia.