Liberdade:

arrepio2*imagem: Simone Monte

*

– Eu quero ser Livro.

*

Elke Lubitz

Anúncios

As meninas armadas…

tattoo-thigh-garter-gun*imagem: Google

são as mais belas,
 têm no coldre uma arma
 lotada de munições, 
pronta a ser sacada em inúmeras situações. 
As meninas armadas não fazem rimas 
Dão tiros nos poemas
 e mandam autopsiar o corpo para reaverem as balas 
 
 

 Cláudia Lucas Chéu

Sou navegada em meu nome,

Sou navegada em meu nome,*imagem: Google

tenho na pele os caminhos que o sol percorreu. Posso desaguar suavemente e, ainda viver em brasa querendo brisa, buscando a nuvem que se escondeu. Se te entrego minha carne, as veias saltitantes do meu pescoço, que percebas que o que te dou ainda é meu. Não tente me fragmentar se a esfinge que há em mim te devora. Não sou descoberta em desmembramentos. Não desconverso, eu me calo. Não se desdobre à toa.

Marla de Queiroz